O que nos diferencia?

Gerenciador financeiro: qual o melhor para seu negócio?

Já pensou em ter uma ferramenta para sua empresa que facilite a gestão econômica? Com um gerenciador financeiro isso é possível.

Esse recurso não só aprimora os processos, proporcionando maior segurança nas transações internas, mas também facilita a organização da rotina diária da sua empresa.

Continue a leitura e saiba mais!

O que é um gerenciador financeiro?

Um gerenciador financeiro é um sistema de gestão que ajuda na estratégia e gerenciamento financeiro da sua empresa

A partir dele, é possível fazer uma gestão eficiente dos recursos financeiros, monitorando receitas, despesas, orçamentos, e obter informações precisas para tomadas de decisões estratégicas.

Alguns dos recursos de um gerenciador financeiro para empresas incluem:

 

  • Registro e acompanhamento de transações contábeis e geração de demonstrativos financeiros, como balanço patrimonial, demonstração de resultados e fluxo de caixa.
  • Acompanhamento, categorização de despesas e identificação de áreas de gastos excessivos.
  • Criação e monitoramento de orçamentos e comparação entre orçamento e desempenho real.
  • Auxílio no faturamento e cobrança, com a emissão de faturas e acompanhamento de pagamentos e cobranças.
  • Registro de receitas, processos de vendas, investimentos ou outras fontes, além da análise do desempenho financeiro em termos de receitas.
  • Geração de relatórios detalhados para análise financeira e visualização de tendências e padrões financeiros.
  • Previsão e acompanhamento do fluxo de caixa.
  • Integração com outros sistemas, como folha de pagamento, sistemas bancários, e demais softwares utilizados pela empresa.

8 benefícios de implementar o gerenciador financeiro na sua empresa

A principal função do gerenciador financeiro é otimizar o tempo do seu time, ao estabelecer uma rotina automatizada de trabalho.

Mãos utilizando uma calculadora e segurando uma caneta. Há papéis sobre a mesa que informam sobre o gerenciamento financeiro do mês
Um gerenciador financeiro pode trazer grandes vantagens para seu negócio. (Foto: Freepik)

Ao adotar um gerenciador financeiro, uma empresa pode desfrutar de vários benefícios, como:

  1. Transparência financeira: aumenta a transparência do seu negócio, permitindo uma compreensão clara do estado financeiro da empresa.
  2. Precisão nos dados: sabemos que dados mal geridos podem prejudicar muito um negócio. Com um gerenciador financeiro de qualidade, é possível melhorar a precisão das informações, evitando decisões baseadas em dados imprecisos.
  3. Agilidade na tomada de decisões: a partir do rápido acesso a dados e relatórios, você pode tomar decisões mais rápidas.
  4. Controle efetivo de despesas: o gerenciador financeiro permite um controle mais efetivo de despesas, reduzindo gastos desnecessários e melhorando a eficiência operacional.
  5. Planejamento estratégico: a ferramenta facilita o planejamento estratégico, alinhando os recursos financeiros com os objetivos da empresa.
  6. Eficiência operacional: algo que todo gestor deseja, o aumento da eficiência operacional, é conquistado, já que esse software libera tempo para atividades mais estratégicas e de valor agregado.
  7. Gestão inteligente de dívidas: as informações detalhadas sobre saldos pendentes e taxas de juros facilitam a gestão de dívidas, evitando problemas.
  8. Facilitação de auditorias: a partir da geração de histórico organizado e detalhado, o gerenciador financeiro simplifica processos de auditoria documental, garantindo conformidade e transparência nas práticas financeiras.

Ao incorporar essas qualidades em suas operações financeiras, uma empresa pode alcançar benefícios significativos que contribuem para sua saúde financeira e sucesso a longo prazo.

Possíveis erros causados pela má utilização do gerenciador financeiro

Embora os gerenciadores financeiros sejam ferramentas valiosas, sua má utilização pode levar a alguns erros que podem afetar negativamente a gestão financeira. 

Para implementar um gerenciador financeiro, é primordial seguir algumas boas práticas, do contrário, pode acontecer a uma série de problemas:

  • Inserir informações financeiras de maneira imprecisa ou incompleta;
  • Falta de atualização regular;
  • Não categorizar despesas adequadamente;
  • Não conciliar transações registradas no gerenciador financeiro com os extratos bancários.
  • Não explorar completamente os recursos de relatórios disponíveis;
  • Deixar de revisar e ajustar orçamentos conforme necessário;
  • Não integrar o gerenciador financeiro completamente com outros sistemas da empresa;
  • Negligenciar medidas de segurança suficientes para proteger as informações financeiras;
  • Falhar com o treinamento adequado para a equipe que utiliza o gerenciador financeiro.

Como o ArqFlow pode auxiliar a gestão financeira do seu negócio?

Agora, você pode contar com uma ferramenta completa para a sua gestão financeira. Com o ArqFlow o seu negócio tem o melhor gerenciador financeiro.

O ArqFlow é um dos sistemas principais do ArqGED, uma solução da Arquivar.

Você sabia?

  • 2500 clientes utilizam nossa plataforma;
  • Quase 3000 fluxos já foram criados com o ArqFlow;
  • Mais de 47 mil documentos já foram cadastrados no sistema ArqGED.

Veja o vídeo e saiba mais sobre o GED (Gerenciamento Eletrônico de Documentos):

Fale com um especialista da Arquivar e tire suas dúvidas!

Compartilhar Publicação:

Artigos relacionados

Outras categorias

Leu nosso conteúdo, identificou uma demanda e ainda tem dúvidas?

Fale com um de nossos especialistas!
  • Hidden