O que nos diferencia?

Assinatura digital criptografada: o que é? Como funciona?

Foco na mão de uma mulher segurando uma caneta enquanto utiliza um mouse de computador. Há o seguinte texto na imagem: “Assinatura digital criptografada: o que é? Como funciona?”
A assinatura digital criptografada é uma técnica de segurança utilizada para garantir a autenticidade e integridade de documentos eletrônicos. Com o aumento do uso de documentos digitais, veio também a necessidade de estabelecer um meio seguro de assiná-los eletronicamente. As assinaturas eletrônicas e digitais facilitam a autenticação de um documento em ambiente virtual. No entanto, diante de tantas ameaças cibernéticas, os usuários das redes podem desconfiar da ferramenta. A boa notícia é que tecnologias como a criptografia garantem a segurança de procedimentos e informações. Entenda, neste artigo, o que é e como funciona a assinatura criptografada!

O que é criptografia de dados?

A criptografia é uma técnica de proteção de dados que converte textos legíveis em códigos. A prática consiste no uso de algoritmos matemáticos que realizam a codificação, isto é, transformam a informação original (o que chamamos de “texto simples”) em dados codificados, incompreensíveis aos olhos humanos. A técnica é utilizada para proteger informações confidenciais, incluindo transações financeiras, mensagens em aplicativos, dados pessoais e corporativos, entre outros. A assinatura digital criptografada, por exemplo, assegura a autenticidade de um documento assinado eletronicamente, o que impede que fraudes aconteçam naquele arquivo. Além dos algoritmos, a criptografia pode envolver um esquema de uma ou mais chaves, as quais facilitam o processo de encriptação. Essas chaves garantem a segurança da informação criptografada ao mesmo tempo em que tornam praticamente impossível o acesso de terceiros. Isso porque é preciso saber quais são as chaves para obter a informação original, ou seja, fazer a decodificação.

O que é criptografia assimétrica?

Existem duas principais categorias de criptografia: simétrica e assimétrica. As duas técnicas têm como base o modo como suas chaves funcionam. A criptografia simétrica utiliza a mesma chave tanto para a codificação quanto para a decodificação de um texto.
Sequência de códigos virtuais em um fundo de tela azul
Criptografia assimétrica, ou de chave pública, é aquela que utiliza duas chaves diferentes para codificar e decodificar informações. (Foto: Freepik)
A assinatura assimétrica utiliza duas chaves, uma pública e outra privada. Esse esquema faz com que a codificação seja fácil, mas a decodificação não. A chave pública criptografa os dados, enquanto a chave privada os decodifica. Juntas, as duas chaves recebem o nome de “par de chaves” e são matematicamente vinculadas. A chave pública pode ser amplamente distribuída ou apenas compartilhada entre pessoas autorizadas, enquanto a privada deve ser mantida em sigilo pelo proprietário. O objetivo é que seja inviável que uma pessoa não autorizada tenha conhecimento sobre a chave privada a partir da chave pública.

O que é e como conseguir uma assinatura digital criptografada? É diferente da assinatura eletrônica?

A técnica de criptografia é aplicada às assinaturas digitais, assim, os documentos eletrônicos podem ser assinados de forma válida e segura. Uma assinatura digital criptografada consiste no uso de chaves públicas e privadas (criptografia assimétrica) vinculadas a um certificado digital. Dessa forma, a assinatura digital possui validade jurídica, tal qual uma assinatura de próprio punho. Para obter a assinatura criptografada, é preciso utilizar um certificado digital nos padrões ICP-Brasil. O Certificado digital ICP-Brasil pode ser adquirido junto a uma Autoridade Certificadora (AC) autorizada pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI). A assinatura digital é um tipo de assinatura eletrônica qualificada, isto é, que possui o Certificado Digital ICP-Brasil, conceito que você entenderá no tópico seguinte. Logo, assinatura digital é diferente de assinatura eletrônica, embora haja uma relação de pertencimento entre elas.

Entenda o Certificado Digital ICP-Brasil

O Certificado Digital ICP-Brasil é uma espécie de identificação virtual que serve para comprovar a identidade de alguém, assim como o documento de RG, por exemplo. Assim, com a certificação, as pessoas podem comprovar a autoria de uma transação ou ação realizada em ambiente eletrônico. Este tipo de certificação usa o esquema de criptografia assimétrica, com par de chaves pública e privada. Uma assinatura digital é válida quando há Certificado Digital ICP-Brasil, que garante os requisitos determinados por lei:
  • Autenticidade,
  • Integridade;
  • Confiabilidade;
  • Não-repúdio.
Uma assinatura que não possui a certificação ICP-Brasil não é uma assinatura digital, e sim uma assinatura eletrônica de categoria simples ou avançada. Descubra, agora, como fazer assinatura digital com criptografia assimétrica!

Assinatura digital criptografada é com a ArqSign!

Assinaturas eletrônicas e digitais são realizadas em plataformas específicas, como a ArqSign. Todas as assinaturas produzidas na ArqSign são criptografadas, até mesmo as assinaturas eletrônicas simples e avançadas. Isso porque, quando um usuário faz assinatura digital com certificado ICP-Brasil próprio, o certificado fará a criptografia. Mas, caso o usuário não possua tal certificação, a plataforma utiliza o certificado ICP-Brasil da Arquivar para gerar a criptografia. Ou seja, tanto assinaturas eletrônicas (sem certificado próprio) quanto as digitais (com certificado próprio) são criptografadas quando realizadas pela ArqSign. Assinatura digital criptografada é com ArqSign: integridade, segurança e autenticidade para seus documentos digitais. >> Conheça nosso serviço!

Compartilhar Publicação:

Artigos relacionados

Outras categorias

Leu nosso conteúdo, identificou uma demanda e ainda tem dúvidas?

Fale com um de nossos especialistas!
  • Hidden